A Comunidade
do Cordeiro

«Eu te bendigo ó Pai por teres revelado estas coisas aos pequeninos¹...»


Um novo ramo, nascido do tronco da Ordem dos Pregadores │Fundada em França a 6 de Fevereiro de 1983 por Monseigneur Jean Chabbert, Arcebispo Bispo de Perpignan, a Comunidade do Cordeiro é “um novo ramo nascido do tronco da Ordem dos Pregadores”. A 16 de Julho de 1983 foi reconhecida como “pertencente à família de São Domingos” pelo Padre Vincent de Couesnongle, então Mestre da Ordem dos Pregadores.

Actualmente a Comunidade reúne mais de cento e trinta irmãzinhas e cerca de trinta irmãozinhos, vindos de vários países. Os irmãozinhos e as irmãzinhas têm um objectivo de vida comum e podem reunir-se para a oração litúrgica. No entanto, fazem vida doméstica separada.

Desde 1996 o Cardeal Christoph Schönborn,o.p., Arcebispo de Viena (Austria) é o Bispo responsável pela Comunidade.

No momento da eleição do Papa Francisco │Em 1994, Mgr Jorge Mario Bergoglio acollhia-nos em Buenos Aires, para aí fundarmos novas pequenas fraternidades de irmãozinhos e irmãzinhas. E eis-nos que durante vinte anos, fomos contados entre as ovelhas do seu rebanho. Realmente ele conhecia todas as suas ovelhas pelo seu nome, pois no dia seguinte da sua eleição ele convocava, com o cardeal Christoph Schönborn todos os irmãozinhos e irmãs que se encontravam em Roma. Que alegria de poder partilhar convosco, o alento e afeição paternal que ele nos deu nesse dia : « Obrigado pelo que fazem na Igreja. João Paulo II e o Papa Bento, insistiram : mais do que mestres, são necessárias testemunhas. Voçês têm uma grande capacidade de serem testemunhas. Pura graça. Conservem-na ! O testemunho da vossa vida de oração, a liturgia, o pedir o pão cada dia, o andar à boleia é um testemunho de pobreza e de alegria.  » (Papa Francisco- 15 Março 2013) As estas palavras, seguiu-se um dálogo, que gravado em nossos corações de « filhos da Igreja », ressôa hoje como um apressado apelo a viver o Evangelho… «  ;a alegria do Evangelho » ! Que a sua benção chegue a todos e a cada um.

A graça das fundações│A Comunidade do Cordeiro espalhou-se pela Europa, na América Latina e nos Estados Unidos.
Está presente em França (Toulouse, Marselha, Avignon, Bethune e “Saint Pierre” no Aude, Lyon, Rennes), em Espanha (Madrid, Barcelona, Valencia, Granada), em Itália (Roma), na Áustria (Viena), na Alemanha (Münster), na Polónia (Czestochowa), nos Estados Unidos (Kansas City), na Argentina (Buenos-Aires), e no Chile (Santiago).

A Família do Cordeiro│À Comunidade dos Irmãozinhos e das Irmãzinhas do Cordeiro, juntam-se leigos celibatários, famílias, jovens, crianças, padres diocesanos, que formam a «Família do Cordeiro».
Cada um segundo o seu estado de vida, e onde se encontra, compromete-se a viver o mistério do Cordeiro, na prática daquilo que se tornou a divísa da Comunidade : «Ferido, nunca deixarei de amar».

 

____________________
¹ cf. Mt 11,25

Início da página